quinta-feira, novembro 09, 2006

O Céu a Seu Dono (Dicionário Imaginário)

DIREITA(S) – A grande desgraça é quando se transforma uma noção circunstancial, acessória, datada (não tenho paciência para repetir a história), em motivo essencial e angústia.
É evidente que, na Feira da Ladra da política doméstica, a patente “direita” está livre, e daí a procura dos que, no fim do dia, não têm mais nada que fazer, ou porta onde bater. Das palavras cruzadas à cruzada vai, para estas legiões, um passo.
A batalha é estéril, e arrisca-se sempre a um tempero de ridículo.
Cada vez menos, cada vez mais isolados, cada vez mais cadavéricos, os que se engalfinham por este rótulo não podem ser levados muito a sério. No fundo, “direitas” e “esquerdas” são apenas categorias intermédias, na busca do Bem Comum. Este está na “Nação”, na “Liberdade”, na “Igualdade”, no “Mercado”, no “Povo”, na “Autoridade”, no “Socialismo” ou no “Fascismo”, na “Pátria” ou na “Família”, no “Eu” ou no “Nada”, em centenas de variações, alternativas e agregados. Está nos valores que inspiraram um dia as “ideologias” (em sentido positivo e pejorativo), nas orientações (no sentido Evoliano) que, verdadeiramente, fazem mover e matar pedaços da humanidade.
Discutir “direita” e “esquerda” é como perguntar pelo caminho certo, numa noite sem luar. Ir pela auto - estrada ou pela via esburacada pode ter consequências, mas nada nos diz sobre o condutor, o destino, a origem e o motivo fundamental da vi(r)agem.


DIREITA(S) (2) – Como se viu na Catalunha, a separação entre “direitas” e “esquerdas” locais é muito menos importante do que a distinção entre “Catalonistas” e “espanholistas”. Entre os nacionalistas, há “esquerdistas” e “direitistas”, e entre os unitários, também. E há, sobretudo, uma coisa: a consciência de que “direitas” e “esquerdas” são alcunhas, e não nomes. E, sobretudo, não os nomes essenciais das coisas.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial