sexta-feira, novembro 10, 2006

O céu a seu dono (Dicionário Imaginário)

MORTE – O que se pode esperar do recurso de Saddam Hussein, a não ser que o tribunal de última instância tome o tempo necessário para analisar a prova, as circunstâncias do julgamento, as alegações de coacção, manipulação e "politização", as acusações sobre a ilegitimidade básica da instituição, e dos seus juízes?
O que se pode esperar, a não ser que não se sentem nesse órgão de recurso os magistrados de quem se recorre?
O que se pode esperar, a não ser a reformatio in melius? Mesmo que isso fosse aceitável para a consciência jurídica, não é possível agravar, pelo recurso, uma pena de morte. Espera-se assim que ela possa ser comutada.
Mas tem de se dizer que, entre os 69 países que ainda aplicam a sanção capital, muitos são países islâmicos (e democracias como o Japão), e que a inscrição da mesma no código penal iraquiano não é uma imposição dos EUA, mas uma exigência popular. Realmente, todas as sondagens (incluindo uma com poucas semanas) mostram que a esmagadora maioria das pessoas quer esta punição (que, no nosso entendimento, não repara a injustiça, mas repete-a).
O que nos conduz a outro problema: apenas entendida como o regime da maioria (ou, nas "oclocracias", como o regime das massas), a "democracia" activa pode provocar consequências incómodas para as liberdades.
É assim importante, antes de usar cada "democracia", ler as instruções, e sobretudo a parte relativa a contra-indicações, incompatabilidade com outros medicamentos, e posologia.

FALSA (EX)CITAÇÃO - "Quando ouço falar em pistolas, saco da minha inteligência, se a encontrar", Prof. Xerxes La Femme, Budapeste, 2008.

1 Comentários:

Blogger Simão dos Reis Agostinho disse...

Sem dúvida de que se não houvesse a pressão da opinião pública americana, ou seja a pressão eleitoral, as coisas poderiam ser diferentes. As democracias têm de facto estes - e muitos outros - lados negros.

domingo, novembro 12, 2006 1:08:00 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial