terça-feira, julho 17, 2007

A HISTÓRIA CADA VEZ MAIS MAL CONTADA

"Guerra colonial parou a fábrica..." - diz em título o Diário Económico (16/07/07), a propósito de um projecto industrial em Angola que não chegou a consumar-se. No texto, o jornalista fala da "explosão brutal da guerra colonial". Estará a referir-se a 1961? Não, o caso passa-se nos últimos dois anos do Estado Novo, entre 1972 e 1974 - e a única coisa que por essa época tinha "explodido" em Angola era o crescimento económico - e a paz, que era praticamente geral, com os chamados "movimentos de libertação", em especial o MPLA, exangues. Não conhecendo os pormenores da história, pode supôr-se que terá sido a eclosão do 25 de Abril que pôs termos ao projecto "iniciado em 1972 por Marcello Caetano". Não, claro, a "guerra colonial", mas o abandono de Angola.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial