segunda-feira, junho 02, 2008

IN PRINCIPAL

Num reputado jornal literário de Nova Iorque , numa "carta ao director" de um reputado alto funcionário americano, vem escrito "in principal" em vez de "in principle" (erro ou lapso de escrita do autor e distracção do revisor?), o primeiro exemplo que encontro da inversão de um erro cada vez mais comum em textos norte-americanos, que é o de escrever "principle" por "principal": a fonética mascavada tornou, finalmente, as duas ortografias indestrinçáveis e privou-as de sentido. Há cada vez mais erros destes em toda a parte. Com e sem acordos ortográficos.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial