segunda-feira, junho 02, 2008

QUE FITA VAI HOJE? - DEPOIS DE CAIR A NOITE

Às 23.40, no TCM, passa mais um filme pouco fácil de ver: The Scapegoat (Robert Hamer, 1959), cujo título português não sei mas poderia ser, traduzido à letra, "O bode expiatório". É um filme de "duplos", com Alec Guinness em dois papéis - o que não é nada comparado com os oito que desempenhou noutro filme do mesmo realizador, Oito vidas por um título (1949). Este filme, Kind hearts and Coronets, é uma das justamente célebres comédias dos Ealing Studios, o humor cinematográfico inglês no seu melhor (incluem, por exemplo, o excelente The Lady Killers (O quinteto era de cordas, de Alexander MacKendrick, já lembrado aqui, e dois ou três filmes dirigidos por Charles Crichton, que foi recuperado uns anos antes de morrer para assinar a impecável realização de Um peixe chamado Wanda, pela qual bem mereceu a sua primeira nomeação para um Oscar, depois de vinte anos sem assinar um filme). Um "espontâneo" chama a The Scapegoat um "filme da Ealing", mas os Ealing Studios já tinham fechado quando foi feito, embora o pessoal seja o mesmo (há um livro muito completo sobre os Ealing Studios, de Charles Barr, , 3rd ed., 1988 [1977]). O argumento é baseado numa obra de (Dame) Daphne du Maurier, de que poucos estarão lembrados, mas cujos livros estiveram na origem de, por exemplo, dois filmes de Hitchcock, Rebecca (1940) e The Birds (Os pássaros, 1963) e outros. The Scapegoat foi o penúltimo filme de Hamer, que morreu novo - 1963, com 52 anos - e cuja filmografia como realizador não é muito extensa. Inclui outros filmes com Alec Guinness, entre os quais o Father Brown de 1954, ao que se diz a melhor versão cinematográfica do imortal padre detective criado por G.K. Chesterton. Hamer não tem nada a ver como os Hammer Studios, mas isso é outra história. Embora já seja tarde demais para o ver esta noite, não quero passar em claro O ano de todos os perigos, (The Year of Living Dangerously, 1982, exibido hoje, também no TCM, um dos melhores filmes de Peter Weir: com este filme mais Under Fire, (Roger Spottiswoode, 1983), The Killing Fields, (Roland Joffé, 1984), Air America, (Roger Spotiswoode, 1990), The Dogs of War, (John Irvin, 1980), fazia-se um belo ciclo cujo título ainda não pensei - Indonésia, Nicarágua, Cambodja, Laos, África ocidental.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial