quinta-feira, março 06, 2008

QUE FITA VAI HOJE? - DIA SEIS DE MARÇO

Parece que fiz confusão e ontem sempre passou no Canal Hollywood Atrás das Linhas do Inimigo com o nosso Joaquim de Almeida e hoje é que lá se pode ver, às 23.45, em Até ao fim, a interpretação, também premiada, da oscarizada deste ano Tilda Swinton. Peço desculpa.
Hoje, ao longo do dia e da noite, vão passando muitos filmes dignos de menção - mesmo que nem todos mereçam fazer parte das nossas cinematecas particulares - desde o moralizante Wall Street (1987), de Oliver Stone, em que Michael Dougla tinha a frase emblemática da década de 80 - Greed is good - até ao desmoralizante El Mariachi (1992), de Robert Rodríguez, o compincha de Quentin Tarantino noutras aventuras cinematográficas e que este filme lançou. É o famoso filme que supostamente foi feito por 7.500 dólares e depois ganhou milhões: Joe Queenan, colaborador da revista Movieline e humorista "cáustico", quase sempre com graça, gozou essa "lenda urbana" do filme feito por tuta e meia (e até publicou um livro intitulado: The Unkindest Cut: How a Hatchet-Man Critic Made His Own $7.000 Movie and Put It All on His Credit Card). Entre esses filmes (foi esta tarde), está O último combóio de Gun Hill (1959), um western de John Sturges, um realizador já desaparecido (1992, com 81 anos) e cujos filmes de cowboys dos anos 50 não se esquecem - e menos se esquece Conspiração do Silêncio (Bad Day at Black Rock, 1955), com Spencer Tracy. Ainda gostava de dizer duas palavras sobre John Carpenter, cujo filme de terror A Bíblia de Satanás (In the Mouth of Madness, 1995), é exibido hoje às 23.55 na RTP1). Fica para depois. Sempre adianto que nunca percebi o que é que tanta gente via no seu filme Assault on Precinct 13 (Assalto à 13ª Esquadra, 1976). que de uma assentada estabeleceu a sua reputação de "culto".

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial