quarta-feira, junho 04, 2008

QUE FITA VAI HOJE? - OUTRA VEZ

Já posso dar o título português (não sei se cheguei a dá-lo?) de Gunfight at the OK Corral, de John Sturges, que me foi lembrado pelo canal Hollywood que passou o filme esta tarde: é Duelo de Fogo. Esta noite a TVI exibe mais uma tentativa mal sucedida de recriar Hitchcock: Um homicídio perfeito (Perfect Murder, 1998, com Gwineth Paltrow no papel que foi inesquecivelmente de Grace Kelly). O original, Dial M for Murder (Chamada para a morte, salvo erro - é isso, é - 1954) vale mais que esta nova versão, um dos filmes menos conseguidos de Andrew Davis. Mesmo assim, esta versão alterada do filme de Hitchcock é melhor do que a falsa "cópia" de Psycho realizada por Gus van Sant, que não tem graça de espécie nenhuma. Dial M for Murder foi a única tentativa de Hitchcock entre meia dúzia de exemplares do filme em 3D, ou seja, três dimensões, uma ideia que nunca vingou e foi das mais disparatadas reacções da "indústria" à concorrência da televisão.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial