segunda-feira, janeiro 19, 2009

O AMOR EM STENDAHL

Dois verbetes de Faites l'amour avec Stendahl, um "dicionário" do amor na obra e na vida do grande escritor francês (a tradução das citações é minha):

Désir - En Europe, le désir est enflammé par la contrainte, en Amérique il s'émousse par la libérté.

(Desejo: Na Europa o desejo é inflamado pelo constrangimento, na América embotado pela liberdade.)

Sale - Un jour les huit ou dix nièces de Mme. de Montcertin lui demandèrent ce que c'était que le amour; elle répondit:
'C'est une vilaine chose sale dont on accuse quelquefois les femmes de chambre, et, quand elles en sont convaincues, on les chasses'.

(Porcaria - Um dia as oito ou dez sobrinhas de Madame de Montcertin perguntaram-lhe o que é que era o amor; respondeu:
'É uma feíssima porcaria de que às vezes são acusadas as criadas de quarto e, quando reconhecidas culpadas, são despedidas'.)

1 Comentários:

Blogger T disse...

Vi um pouco da tomada de posse do Obama... As expectativas são tão altas que tornam o insucesso quase obrigatório.

terça-feira, janeiro 20, 2009 6:53:00 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial