segunda-feira, abril 09, 2007

MITOS URBANOS 1-"A NOITE DE MOLLY BLOOM"

Molly Bloom, Penélope ambígua inventada por Joyce, atormenta e inquieta o coração dos homens desde que o seu criador assim quiz. Sensualidade e sensibilidade desbragadas, "palavrões", como dizíamos já do Amante de Lady Chaterley, comprado e lido às escondidas.Só se é uma vez adolescente, e no Portugal puritaníssimo do último Estado Novo, ao contráriodo que as patetas das antifascistas de serviço clamam, já havia mini-saias, pernas bonitas para as usar e boîtes.Mas estes livros mais ousados, tínhamos que os ler às escondidas...O que dava mais graça a tudo.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial