quarta-feira, maio 16, 2007

AMIGOS DESAPARECIDOS

Na sexta-feira, 11 de Maio morreu o José Luís Pechirra. Conheci-o nessa Lisboa dos anos 60 e das lutas académicas. Ele era dirigente da FEN-Frente dos Estudantes Nacionalistas-onde estiveram também como presidentes o Norman Mascarenhas e o Jorge Moreira, ambos já desaparecidos deste mundo. Mas também o João Pinto Fernandes, que continua vivo e de boa saúde e activíssimo e que vejo muito, entre Maputo e Joanesburgo. E o MiguelFreitas da Costa, que esse está aqui, no "Futuro Presente", presentemente o mais assíduo, comigo, colaborador deste Blog. O José Luís era um combatente e um militante político, das suas causas e assim foi até ao fim.
Quem morreu também depois de uma longuíssima doença que ele combateu com extraordinária coragem e persistência, foi o José Manuel Rosa de Oliveira. Nascido em Moçambique, Oficial -Comando da Companhia em Angola foi um grande combatente. Conheci-o em Pretória em Outubro de 1974, estava ele recém-chegado à África do Sul, indo depois para a Namíbia e Caprivi onde fazia a ligação com a Unita. Muito do que sei desses conflitos fiquei a devê-lo a ele , que conhecia o que é conhecer, a sério. Mais tarde o Zé Manel regressou a Portugal e foi-se reintegrando neste país pós-imperial, como todos tivemos que fazer. E fê-lo, com coragem, disciplina, honestidade, esperança.
Morreu agora, ao fim de uma longa luta contra uma implacável doença. Que o venceu, finalmente. Mas não o convenceu. Deixou uma mensagem para os amigos dizendo-lhes quanto gostara deles e da vida.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial