sexta-feira, setembro 14, 2007

RELER "O MESTRE E MARGARIDA" DE MESTRE BULGAKOV (I)



Michail Bulgakov(Kiev,1891-Moscovo,1940), por Vaclav Zeman


Acabei hoje de reler "O Mestre e Margarida" de Michail Bulgakov.Já tinha testemunhado do meu entusiasmo,quando descobri uma versão filmada("Master and Margarita", truveo.com.).Bom fui reler,o livro andou uns dias comigo entre Hammamet,Lisboa e Maputo e respectivos voos.E acabei-o hoje.
É um livro muito rico e muito complexo...Um livro esotérico,metafísico,cheio de enigmas e inícios,mas também de humor ,com momentos rabelaisianos, ou até,d-me quem sabe,joyceanos.A fabulosa imaginação deste grande escritor russo,a viver no Moscovo da ascensão e consolidação de Estaline e do seu terror,levou-o a imaginar uma série de histórias diferentes que se cruzam nestas páginas:o Diabo(Voland) vai a Moscovo com três demónios menores.Em pleno comunismo,e os comunistas,bons ateus,não acreditam nele,apesar de uma vastíssima demonstração de coisas fantásticas que o quatuor das Trevas vai fazendo.O Prof.Jorge Borges de Macedo,com o seu modo único de falar das coisas ,dos livros ,de tudo,dizia que era "o Mal absoluto"visitando "o mal relativo"...Mas,ao reler, fico com a impressão que, para o Bulgakov, o grupo diabólico não é assim tão mau.Na verdade eles expõem ,pelo ridículo, a paranóia da burocracia comunista,a hipocrisia e mentira do sistema.E com os desacatos que contra ele vão comentando participam até numa obra de Justiça e "retribuição".Mas tão pouco,nesta obra de Bulgakov,o comunismo é tratado como o mal absoluto.
Nesta história,no mesmo tempo e lugar,passa-se outra história -a de Margarida ,que ama e é amada de grande paixão por um personagem conhecido por "o Mestre".Margarida é lindíssima,sensual,apaixonada,arrebatada,sem limites.O Mestre um intelectual romântico,obcecado por escrever a histót´ria de Pilatos,quje é em parte a história e de Cristo e a própria História.(Cont.)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial