sábado, outubro 13, 2007

OS CONSERVADORES ESTÃO DE VOLTA

Os Conservadores, nos últimos anos, pareciam ter desaparecido da vida política britânica. Depois de Thatcher, o panorama era desolador. Não se via ninguém e, sobretudo, não se vislumbravam quaisquer ideias novas ou estratégias com potencial vencedor. Nem sequer com a subida à direcção dos Tories do mediático David Cameron as coisas pareciam ter mudado.
Contudo, o recente descurso de Blackpool veio trazer alguma esperança àqueles que desesperam com a permanência da esquerda no poder. De facto, as palavras de David Cameron vieram incendiar os ânimos e devolver aos conservadores a esperança de que o regresso ao poder estaria próximo. Brown falava na possibilidade de eleições antecipadas e agora a oposição subia em flecha nas sondagens.
Infelizmente, todo este capital de simpatia e de esperança não serviu de nada pois o governo depressa veio afirmar que afinal não haveria eleições antecipadas e a eventual legitimação de Gordon Brown só viria daqui a dois anos. Até lá, é preciso saber se Cameron vai conseguir manter o nível de adesão que conseguiu agora.
As propostas conservadoras no domínio da redução de impostos, da reforma da segurança social, da educação e da saúde são atractivas para muitos cidadãos britânicos e o governo sabe-o bem. Assim, vamos assistir concerteza a uma tentativa de Brown para concretizar algumas reformas neste domínio, para fazer calar os conservadores. Veremos se estes têm a imaginação e a convicção suficientes para manterem estas políticas e esta popularidade.
Em todo o caso, independentemente da desilusão que constituiu o facto de não haver eleições antecipadas, a verdade é que o movimento conservador despertou. No Carlton, em St. James, como noutros muitos "poisos" dos conservadores, parece haver um movimento inusitado e o entusiasmo estar de volta.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial