terça-feira, fevereiro 05, 2008

OS LIVROS DA "TRETA"

O inglês Terry Arthur acaba de publicar um segundo volume do seu já desactualizado "guia da política", de 1975. Esse primeiro intitulava-se 95 per cent is crap, o segundo simplesmente Crap, um plebeísmo que se pode traduzir por "treta". São livros dedicados à inventariação e crítica dos modos como na política do Reino Unido se fala uma linguagem destinada, como diz um comentador, a "mentir, confundir e prevaricar". Em cada capítulo ilustra-se uma modalidade desse idioma praticado pela generalidade dos políticos - e não só: é citada uma professora de liceu que propôs acabar com os "reprovações" e chamar-lhes antes "aprovações diferidas". Um dos melhores capítulos é o do "Illogical crap", em que se destaca o que diz respeito ao "aquecimento global" e ofícios correlativos.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial