segunda-feira, fevereiro 18, 2008

QUE FITA VAI HOJE? - SEXTO DIA

Pela boca morre o peixe. O domingo não é bom? Que dizer então da segunda-feira...Mais uma vez temos de nos remeter ao TCM (Turner Classic Movies), que tem para muita gente o inconveniente de passar os filmes sem legendas - que mesmo más, como é costume, sempre ajudam quem conhece patrioticamente mal as línguas estrangeiras. O canal que pertenceu ao ex-marido de Jane Fonda exibe esta noite um mini retrospectiva de Errol Flynn: The Sea Hawk, 1940 (O Gavião dos Mares) e The Charge of the Light Brigade, 1936 (A Carga da Brigada Ligeira), ambos dirigidos por Michael Curtiz, um realizador que fez de tudo - e bem. O Gavião dos Mares é, evidentemente, um filme de "capa e espada", baseado num romance de Rafael Sabatini, que também escreveu os livros em que se basearam O Capitão Blood, 1935 (outro filme de Errol Flynn e...Michael Curtiz) e o grande Scaramouche. Sabatini emparelha com Emilio Salgari, os dois autores italianos que marcaram a infância de muitos portugueses da minha geração. Teremos que voltar a Errol Flynn, a Sabatini e a Michael Curtiz. A "carga da Brigada Ligeira" foi uma desafortunada carga de cavalaria que Alfred (Lord) Tennyson imortalizou numa famoso poema. No genérico do filme indica-se que o Argumento é de Tennyson (poema) e mais não sei quem. Lembra a história de uma adaptação cinematográfica de uma peça de Shakespeare em cujo genérico se podia ler que o argumento era de William Shakespeare, com "diálogos adicionais" de um qualquer argumentista de serviço. Até amanhã.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial