quarta-feira, fevereiro 01, 2006

Doutrina

Ainda não lemos a encíclica de Sua Santidade o Papa Bento XVI "Deus é Amor". Sabemos que cunha mais uma expressão que será tão marcante no debate cultural contemporâneo como a da "cultura da morte" que devemos a João Paulo II: é "a ditadura do relativismo". O filósofo René Girard fala extensamente da nova encíclica, a primeira deste pontificado, numa entrevista concedida à revista New Perspectives Quarterly (NPQ) que talvez possamos publicar - e certamente comentaremos.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial