sexta-feira, maio 26, 2006

Fronteiras

Como já sabe quem tem acompanhado as nossas escassas notícias, no número 61 da revista falaremos da questão das "fronteiras". Acabámos por decidir que será o chamado "tema de capa" e incluiremos algumas referências à questão, além do artigo da António Marques Bessa que já anunciámos. Há muitas fronteiras, além das geográficas. Entretanto soubemos por uma crónica de Le Figaro que "a França renuncia ao debate sobre as fronteiras da Europa", o que tem a ver com as famosas crises do chamado "alargamento" e a neurastenia europeia que traz a França prostrada desde o famoso e retumbante "não" à malfadada "Constituição Europeia" - a respeito da qual , diga-se de passagem, como alguém disse a outro propósito, os nossos votos são de que "descanse em paz com a Serra da Estrela em cima". O autor da crónica parece aprovar a prudência da França, pois - diz ele - trata-se de facto não de uma questão geográfica mas de "uma escolha política e estratégica". Sem fronteiras?

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial