domingo, novembro 19, 2006

Amadeo de Sousa-Cardozo

Fantástica a exposição de Amadeo de Sousa-Cardozo que a Gulbenkian acaba de inaugurar sob o título "Diálogo de Vanguardas". Embora a obra do genial autor de Amarante seja já bastante conhecida, não é fácil termos a oportunidade de vermos reunidos tantos dos seus quadros, oriundos dos mais prestigiosos museus do mundo e acompanhados de diversas obras de autores que conviveram com Amadeo, ou que ele admirou ou que, de alguma forma, o influenciaram.

A exposição encontra-se muitíssimo bem organizada e apresentada, permitindo que o público não se atropele e que as obras sejam vistas à distância conveniente. São espaços repletos de quadros seus, numa enorme explosão de cor, ou salas com as suas gravuras, desenhos e ilustrações, dando uma imagem única da modernidade da pintura portuguesa. Uma exposição a não perder e a visitar tantas vezes quanto possível. Uma palavra final para o respectivo catálogo que passa a ser referência bibliográfica impossível de contornar.

* * *

Já agora, aproveita-se também a ocasião para referir a mostra de gravuras japonesas modernas, oriunda da Arthur M. Sackler Gallery da Smithonian Institution de Washington. Patente ao público na galeria de exposições temporárias da Gulbenkian, sob o título "Mundos de Sonho", resulta do facto de aquela instituição se ter associado às comemorações dos 50 anos da Fundação Calouste Gulbenkian.

Para além da beleza e inegável interesse das referidas gravuras, que surpreendem pela sua modernidade, não podemos deixar de referir a forma como as mesmas estão expostas, realçando toda a sua delicadeza e combinações de cores.

1 Comentários:

Blogger Sapka disse...

Amadeo de SOUZA-CARDOSO, não Sousa-Cardozo.

domingo, novembro 11, 2007 10:55:00 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial