quarta-feira, abril 25, 2007

O RIO DE JANEIRO CONTINUA LINDO

É, apesar destas permanentes guerras de bandos, das negociações em curso para a intervenção do Exército, aliviando os efectivos da PM estadual para um patrulhamento mais intensivo, o Rio continua único, como concluíamos hoje de manhã, olhando da piscina do Hotel para os 360 graus de beleza em estado natural de mar atlântico e morro verde, cortado num céu quase azul ferrete às 8 da manhã.E ontem passeando à noite pelas ruas de Ipanema, animadíssimas, com os drogões sempre abertos, as livrarias, as jacarandás adormecidas, esta calma efervescente que me lembra um quadro de Magritte-"A invenção da Luz" que foi sempre para mim uma porta para outros universos: Nova Iorque à noite no Verão, sempre; o Jardim da Cordoaria à noite também no Verão do Porto dos anos 60, Paris, num domingo de 1981, acho em que lá cheguei vindo de combóio de Bruxelas, em 21 de Junho mais longo dia do ano e fui jantar para os lados da Défense. E Buenos Aires, onde nunca estive, senão pelos olhos e versos do Borges.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial