sexta-feira, fevereiro 22, 2008

A ERA DA FRAGMENTAÇÃO - KOSOVO (1)


O maior risco para a estabilidade e a paz, maior mesmo que o macroterrorismo, é o princípio voluntarista de que deve ser comunidade política independente qualquer entidade, com população e território, que decida por metade mais um dos seus membros, passar a sê-lo.
De há 50 anos para cá a correcção política manda que assim seja. Daí, e não por quaisquer conspirações ou maquinações imperialistas e capitalistas, uma enorme quantidade de Estados falhados, consagrados e admitidos na ONU, mas incapazes de se defender, de alimentar e cuidar da sua população, mesmo de ter a lealdade política primeira dos seus habitantes.
O Kosovo parece-me ser mais um desses Estados. Os que os fabricaram e fabricam - a virtual "comunidade internacional" - mexem na História e na Geografia, ao gosto caprichoso do parecer bem político-mediático, em nome de grandes frases redondas e simpáticas.
Não admiram os resultados. E o pior ainda está para vir,.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial