terça-feira, outubro 17, 2006

John McCain


John McCain (n. 1936), Senador pelo Arizona, é um dos mais bem colocados "presidenciáveis" do Partido Republicano. Em primeiro lugar é um herói de guerra, que mostrou, na adversidade, um patriotismo testado na capacidade de sacrifício e coragem moral e física. McCain, filho e neto de militares, foi derrubado sobre o Vietname em 1965 e passou cinco anos e meio naquela que o sentido de humor dos seus ocupantes chamou Hanoi Hilton, a célebre prisão da capital comunista para os prisioneiros de guerra americanos. Ali foi torturado e sofreu tentativas de corrupção e aliciamento, nomeadamente de ser libertado antes dos seus camaradas, caso aceitasse criticar o governo americano. McCain manteve-se resistente e obedeceu ao código militar, first in, first out, recusando qualquer vantagem ou privilégio.

Trata-se pois de um homem que deu provas no terreno, pelo que não tem de demonstrar quase nada. Quanto às suas ideias têm tido alguma evolução e distanciam-no hoje da "direita religiosa", já que o Senador tem posições mais liberais nas social issues. Também em política externa, deixou o patriotismo realista - dos anos 90, em que se aproximou das teses da Doutrina Powell, para se aproximar de algumas formas de intervencionismo wilsoniano. Mas, para já, o Senador é (com o antigo Mayor de Nova Iorque, Rudi Giuliani e com posições algo paralelas) uma das hipóteses seguras dos Republicanos. Estes estão num momento difícil pelo escândalo do gay e pedófilo representante Jack Foley, que assediava os "pagens" do Congresso. É que nos EUA podem ter muitos defeitos mas o eleitorado espera que os políticos vivam de acordo com os valores que defendem, e o partido da "maioria moral" não pode proteger as suas "ovelhas negras". Fazê-lo, como parece ter sido a orientação do líder da maioria no Congresso, Dennis Hastest, não caiu nada bem no rank and file republicano e além de condenável pode custar votos.

3 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Estamos fartos de Republicanos!!!
GWBush é o coveiro de uma Saga começada por Ronald Reagan.
Devia ser preso.

Há que mudar os temas.

quarta-feira, outubro 18, 2006 8:46:00 da tarde  
Blogger jaime nogueira pinto disse...

Há republicanos e republicanos...O McCain andou na guerra a sério.

quarta-feira, outubro 18, 2006 11:36:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

E Ronald Reagan é um Herói Americano!

quinta-feira, outubro 19, 2006 4:10:00 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial