quarta-feira, dezembro 06, 2006

Real Panteão dos Bragança

A Antília Editora acaba de publicar a obra de Paulo Dias, Real Panteão dos Bragança - Arte e Memória, que tem por base a sua tese de dissertação de Mestrado na faculdade de Letras de Lisboa. Neste seu livro, o autor debruça-se sobre as exéquias e pompas fúnebres dos Princípes e Infantes da Casa de Bragança, com um límite cronológico que vai de 1656 a 1951, datas que assinalam respectivamente os anos da morte de D. João VI, fundador da Dinastia brigantina, e de D. Amélia, último membro da Família Real recebido no Panteão. Trata-se de uma obra que inclui ainda numerosas fotografias e que é acompanhada por uma carta de S.A.R. o Duque de Bragança.

Estamos perante um livro importante e de grande interesse, que vem dar mais um contributo para o nosso conhecimento da saudosa Monarquia Portuguesa.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial