domingo, outubro 14, 2007

SOCIETY OF ANTIQUARIES OF LONDON

Não se pode ir a Londres sem ir espreitar as exposições que estão a decorrer na Royal Academy of Arts. É que é quase impossível ficarmos desiludidos. Desta feita foi a exposição Making History. Antiquaries in Britain, 1707-2007. O título diz tudo e dá-nos garantias de qualidade.

Aqui podemos ver o percurso de homens como Humfrey Wanley, um dos fundadores da Society of Antiquaries of London, organização que se dedicou a estudar o passado, a promover escavações em locais históricos e a tentar conhecer a História da Inglaterra. O seu terceiro centenário foi a oportunidade escolhida para mostrar, nalguns casos pela primeira vez, algumas das peças mais emblemáticas da colecção, iniciada muito antes de se terem criado museus e bibliotecas nacionais.

A exposição começa por mostrar como, no século XVII, a sociedade inglesa tinha um grande desconhecimento acerca do seu passado, baseado em crenças pagãs e cristãs. Depois, preocupados com a destruição do património histórico levada a cabo durante as guerras civis, começaram a aparecer os primeiros "antiquários", que tentam preservar o que encontram e compreender o passado. Depois vem a época dos coleccionadores, dos cientistas que procuram fotografar e datar os achados e que vão estudar os túmulos dos monarcas e dos guerreiros, deixando detalhada descrição de todos os seus trabalhos. Finalmente, a passagem dos antiquários para os arqueólogos. Uma última sala dedicada a Stonehenge.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial