segunda-feira, maio 12, 2008

A MISSA ORTODOXA

Estava ontem na Missa e não pude deixar de reflectir e de comparar com uma experiência recente que tive durante uma visita a Bucareste. De facto, há escassos dias tive a oportunidade, que nunca até agora me surgira, de assistir a uma Missa da Igreja Ortodoxa romena. Pude aí ver a Fé extraordinária que têm os seus fiéis e a forma como, com grande humildade e respeito, assistem à Missa. Mas a questão não é essa.
Que me perdoem os que se sentirem incomodados com o que vou dizer, e sei que os haverá, até entre amigos. Contudo, ali meio escondido, à sombra de uma coluna, não pude deixar de reparar num aspecto que me impressionou muito. O Padre diz a Missa virado para o Altar, na mesma direcção que os fiéis rezam, sentindo-se no ar uma total comunhão entre todos. Já sentira isto, há uns anos, numa Missa na Fraternidade São Pio X, a que fora convidado por um amigo que já não vejo há muito tempo.
Ouço por vezes expressões, referindo-se aos tradicionalistas católicos, como "é incrível, de costas voltadas para os fiéis!!!" Não quero entrar em nenhuma polémica de cariz teológica, para a qual infelizmente nem estaria preparado, mas queria apenas deixar aqui uma nota sobre a forma como me senti integrado naquela oração, mesmo tratando-se de uma Igreja que não é a minha. Penso, cada vez mais, que o Papa Bento XVI teve toda a razão em acabar com as restrições à Missa Tradicional. Pudesse eu ir lá todos os Domingos...

3 Comentários:

Blogger Diogo disse...

Falsos «analistas militares» a soldo do Pentágono

Jon Stewart, do Daily Show, põe a nu a desinformação sobre o Iraque veiculada pelo Pentágono através dos «independentes» meios de comunicação americanos:

Jon Stewart: Olhem para estas adoráveis e bondosas ex-máquinas de matar. Os canais contrataram-nos para dar opiniões de especialistas acerca do esforço bélico do nosso país.

Especialista 1: Estamos a vencer a guerra contra o terrorismo.

Especialista 2: Esta é a força mais bem preparada que já tivemos.

Especialista 3: Esta é a melhor liderança que os militares já tiveram.

Especialista 4: Quando pergunto a amigos meus de longa data do exército, que não vão mentir-me sobre como estamos a sair-nos e se estamos a ganhar ou a perder, eles dizem que estamos a ganhar.

Jon Stewart: Pois parece que muitos destes ex-militares não eram assim tão «ex», trabalhando para empresas de armamento e do Pentágono. Enquanto os canais noticiosos lhes chamam «analistas militares», o Pentágono, em memorandos vindos a público há pouco tempo, referia-se a eles como «multiplicadores de mensagens».

Vídeo legendado em português
.

segunda-feira, maio 12, 2008 9:07:00 da tarde  
Blogger Manuel disse...

Um abraço deste teu amigo.
Já me habituei a encontrar-te por aqui.

terça-feira, maio 13, 2008 9:58:00 da tarde  
Blogger João disse...

Acerca da missa ortodoxa, como católico que sou (e dizer "praticante" será redundante, ser católico é ser praticante, não o sendo, o que se é afinal?), sobre o facto de o sacerdote se virar para o altar e de costas para os fiéis, apetece-me dizer que as pessoas parecem estar mais preocupadas com o respeito humano do que com o respeito a Deus. Ora... então podemos virar as costas a Deus, mas não me podem virar as costas a mim? É apenas uma das coisas que observo e me entristecem, num caminho em que o Homem insiste em se suplantar a Deus.

quinta-feira, maio 15, 2008 9:51:00 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial