quarta-feira, abril 05, 2006

Morreu o Coronel Fabião

Morreu o Coronel Carlos Fabião. Paz à sua alma. O que resta do MFA comemorou a sua memória, como um grande capitão de Abril, um grande intelectual e um homem muito bondoso. Tudo bem, também.
Mas durante curtíssima passagem pelo Governo da Guiné, para onde foi nomeado pelo Presidente da República provisório, General Spínola, foram fuzilados pelo PAIGC, num território ainda sob a Administração portuguesa - e a autoridade máxima era o Coronel Fabião - dezenas de comandos e fuzileiros guineenses ao serviço das Forças Armadas Portuguesas. Um episódio conhecido e vergonhoso, entre muitos semelhantes da época. Só para que conste.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial