domingo, novembro 05, 2006

Citações 20

"5 . Todos os outros historiadores o representam(a Scipião)como um homem de sorte, que consegue, que é bem sucedido na maior parte das empresas,sempre contra todas as expectativas e com a ajuda do acaso. 6 . Pensam eles que tais homens são, por assim dizer, mais divinos e mais admiráveis do que aqueles que agem em todas as coisas de acordo com a razão.Mas ignoram que, das duas situações, uma é louvável, enquanto a outra é invejável"

Políbio, Histórias, LivroX, 2,5-6

5 Comentários:

Anonymous G.W.F. Hegel disse...

Numa das passagens mais famosas do Príncipe,Maquiavel descreve qual é a maneira mais apropriada para responder a volatilidade do mundo, ou à Fortuna, comparando-a a uma mulher: «la fortuna é donna». Pelos vistos o florentino plagiou Cipião.

segunda-feira, novembro 06, 2006 8:22:00 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Direi mesmo:quando for mais crescido quero seguir o exemplo do nosso Jaime

segunda-feira, novembro 06, 2006 5:14:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

O Jaime é hoje um dos maiores eruditos em Políbio e não só.

segunda-feira, novembro 06, 2006 5:21:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

O nosso Jaime tem mais livros em casa que o Pacheco Pereira na Marmeleira.E disse-me que já os leu todos.Mais de trinta mil!

segunda-feira, novembro 06, 2006 5:29:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Chiça!

segunda-feira, novembro 06, 2006 5:31:00 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial