quarta-feira, novembro 29, 2006

Exortação à Mocidade

Nestes tempos de desalento em que vivemos, não resisti à tentação de transcrever a dedicatória com que abre a obra Exortação à Mocidade de Malheiro Dias:

"A Antero de Figueiredo Mestre da Boa Linguagem e da Boa Doutrina

Em recordação daquela tarde de Outono
Em que, no campo de batalha de Alcácer-Quibir,
Onde a Pátria foi vencida,
Fervorosamente pedimos a Deus
A fizesse vencedora dos males
Que actualmente a afligem,
Incutindo na alma da
Juventude
A fé nos seus destinos e a
mesma energia dos que ali
Batalharam, até ao último
Alento, pela Grandeza,
A honra e a Glória
De
Portugal."

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial