sábado, maio 17, 2008

DA INDIGÊNCIA MENTAL

Estava a ler - por uma vez - a política local. Não tem política, não tem ideias políticas, tem faits-divers, como a extraordinária importância dada ao "fumo" do PM no voo para a Venezuela, e o fundamentalismo anti-tabagista à solta. Como ex-fumador (dois maços e meio até 1990, quando parei de vez) sou insuspeito, mas acho que o antitabagismo é uma obsessão de uma sociedade sem valores de orientação, logo incapaz de proibir qualquer coisa e que concentra a sua energia persecutória nesta questão...

Também estive a ver algumas entrevistas dos candidatos à liderança do PSD, procurando aí ideias políticas, contraposição ideológica ao PS e à esquerda, referências a Portugal, às condições da identidade e continuidade nacionais. Não vi nada disso. Só as habituais e politicamente inócuas referências à "sociedade civil", que para alguns mais parece uma sociedade comercial, já que só falam e com pouco brilho das suas contas. E o IVA, é verdade, parece ocupar o lugar central na reflexão destes candidatos a líderes do PSD e do país.
Valha-nos Deus!

1 Comentários:

Blogger Francisco disse...

Jaime chega-te a frente, Portugal precisa de ti, e a direita está farta do cds!

sábado, maio 17, 2008 3:33:00 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial