terça-feira, julho 08, 2008

QUE FITA VAI HOJE? - QUANTO MAIS QUENTE MELHOR

Hoje, às 20.00, no TCM, e à 1.30 na RTP1, dois "clássicos" do filme de terror moderno: Poltergeist: O fenómeno (Poltergeist, 1982, de Tobe Hooper, que havia de ser o realizador de outro "clássico", o gore Texas Chainsaw Massacre, um arquétipo, de 1986) e o Sexta-feira 13 (Friday the 13th, 1980), com o nosso insaciável amigo Jason, que morreu e viveu em mais uma dúzia de sequels, com todas as suas sangrentas sequelas. Mas é claro que a estrela dos filmes de hoje é, às 21.30, no Hollywood, uma das farsas mais perfeitas do cinema americano da segunda metade do século XX, que não ganhou uma ruga: Some Like It Hot (Quanto mais quente melhor, 1959 - vai fazer 50 anos!), do inimitável Billy Wilder, com Marylin, Tony Curtis, Jack Lemon e o Joe Brown, com a sua definitiva deixa final, Nobody's perfect! Ontem não cheguei a tempo, mas o dia era da RTP Memória, com Caminho para dois (Two for the Road, 1967) - mas foi à tarde - um filme inesquecível e "moderno" de Stanley Donen, numa das suas mais felizes incursões na comédia não musical (como o Charade, 1963, também com Audrey Hepburn, mais Cary Grant, mais Walther Mathau) e, à noite, Nevada Smith, 1966, com Steve McQueen, realizado por Henry Hathaway, mais um daqueles realizadores a que se costumava chamar vieux routiers e que merecem ser relembrados.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial