quarta-feira, outubro 11, 2006

Budapeste foi (já) há 50 anos


Vêm aí os 50 anos da insurreição anticomunista e anti-soviética de Budapeste, ocasião de uma das muitas histórias sangrentas da História sangrenta, que foi a História do Comunismo no século XX. André Farkas, então com 22 anos, testemunhou na linha de fogo os acontecimentos. Agora, ao aproximar-se a data precisa da efeméride, conta esses quinze dias que abalaram o mundo, em 1956, entre 22 de Outubro - data das primeiras reuniões dos estudantes no Círculo Petöfi - e 6 de Novembro, quando Janos Kádar, voltou a Budapeste com os tanques soviéticos que recolocaram os comunistas húngaros no poder.

André Farkas,
Budapest 1956 - La tragédie telle que je l'ai vu et vécu,
Tallandier, Paris, 2006, 287 pgs. (€21,00).

1 Comentários:

Anonymous  disse...

A ler o fundamental "Uprising - One's Nation Nightmare", de... David Irving, uma das poucas incursões do historiador agora encarcerado fora do período da II Guerra Mundial.

quinta-feira, outubro 12, 2006 11:33:00 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial