domingo, janeiro 21, 2007

Francoscopia

Saiu mais um volume da Francoscopie (2007) do sociólogo Gérard Mermet. Há já muitos anos que Mermet publicou o primeiro destes instantâneos ou radiografias da França, que depois passou a actualizar e publicar de dois em dois anos. Foi uma das obras de que falámos em "A decadência da França?", uma das "Notas&Comentários" de um dos números mais recentes da revista Futuro Presente. A França que retrata é um país de gente cada vez mais alta, mais próspera, mais saudável, com mais horas de "lazer" e cada vez menos etilizada - mas cada vez mais queixosa, desconfiada e temerosa do futuro (será porque bebem menos?). "Les Misérables: the French are filled with fear and frustration", diz o título de um comentário inglês. Os franceses que Mermet nos mostra apresentam sintomas de "paranóia, esquizofrenia e hipocondria". Parafraseando o autor, quanto menos sofrem na vida de todos os dias e na sua carne mais sofrem da cabeça. O problema não é estritamente francês. São os paradoxos do progresso que alguns espíritos mais lúcidos têm notado e hoje estão à vista de todos: o que é que nos falta quando não nos "falta nada"?

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial