quinta-feira, novembro 16, 2006

Homenagem a um cineasta ainda vivo

Dino Risi é agora homenageado entre nós com a edição em DVD de três dos seus filmes mais famosos: A ultrapassagem, Os monstros e O matador. A escolha é acertada. Um deles, A ultrapassagem, de 1961, é certamente a sua obra-prima e assim é unanimemente celebrado pela crítica, italiana e estrangeira; uma vez não são vezes. É um grande filme e um dos filmes que não esquece, mesmo para quem não tinha 16 anos e não o viu na sua época. Bastava Il sorpasso, comédia verdadeiramente dramática, para justificar uma carreira. Risi foi condecorado pela República Italiana e premiado no Festival de Veneza de 2002 com um Leão de Ouro alla carriera.
O cinema italiano que ilustrou, a par de muitas dezenas de outros realizadores, geniais argumentistas, cenógrafos brilhantes, grandes directores de fotografia, foi engolido pelo tempo – e já nem realizamos, muitas vezes, e muita gente já nem sabe, que durante trinta ou quarenta anos o cinema italiano foi uma das grandes cinematografias do mundo.
Matemos saudades. Para mais pormenores, veja-se o próximo número da revista.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial